Poesia  /  De Ombro na Ombreira  /  Pedra-Final

Pedra-Final

Tanta gente,
tantos enredos
até ficarmos para sempre
quedos!

Para sempre? Não!
Que outros (mínimos) seres
já trabalham na nossa remoção.