Poesia  /  Feira Cabisbaixa  /  Entre Pedras, Palavras…

Entre Pedras, Palavras…

Que estupidez o sangue nas calçadas!

O sangue fez-se para ter dois olhos,
um lépido pé, um braço agente,
uma industriosa mão tocante.

Que estupidez o sangue entre as palavras!

O sangue fez-se para outras flores
menos fáceis de dizer que estas
agora derramadas.

gdpr-image
Este site utiliza cookies para permitir uma melhor experiência por parte do utilizador. Ao navegar no site está a consentir na sua utilização.
Caso pretenda saber mais, consulte a nossa política de privacidade